Biodiesel – Já é hora do Brasil ter uma política séria

O Brasil bem que podia ter uma política séria de produção de biodiesel, agora que já foram esquecidas todas as tolices  (e mentiras!) sobre pequenos produtores plantando mamona.  Uma política séria incluiria a seleção das espécies em função das características de cada região.

A produtividade média por tipo de cultura – em kg de óleo por hectare é a seguinte:
Cultivar                      Kg de oleo/hectare

Castanha de caju              148
Café                                   386
Soja                                    493
Sésamo                              585
Girassol                             800
Cacau                                863
Canola                            1.000
Óleo de babaçu              1.541
Jatropha                         1.590
Côco                                2.260
Óleo de dendê                5.000

Os números dispensam comentários, já que, atualmente, a quase totalidade do biodiesel produzido no  Brasil é proveniente da soja, que no Brasil tem alta produtividade mas apenas 18% de óleo.

Fonte:  www.earthtoys.com/emagazine.php?issue_number=09.02.01&article=jatropha

Publicado por

Luiz Prado

Quando estudante de Economia, já no segundo ano da faculdade, caiu-me nas mãos o relatório Limites para o Crescimento, encomendado pelo Clube de Roma ao MIT. Para quem não sabe, o Clube de Roma era um encontro anual de dirigenes de grandes corporações para dividir mercados. No período anterior, Agnelli propôs que discutissem, também, fontes de suprimento de matérias-primas. Como não tinham as informações, encomendaram o estudo sobre o tema ao MIT. Limites para o crescimento era algo impensável na teoria econômia! - e os economistas ainda continuam medindo o mundo pelo tal crescimento do PIB! Daí para apaixonar-me por recursos naturais foi um pulo. E passei a vida trabalhando sobre o tema.

O que você pensa a respeito?